segunda-feira, 28 de março de 2011

O Peregrino


A vida cristã não é para todos. É uma caminhada de muitos quilômetros, um desafio de superação, para aqueles que estão dispostos a renunciar tudo em nome do amor.
Esse Sábado estive na Igreja Cristã da Família de São Bernardo tocando com os Ortegas, e depois ministrei uma palavra para os jovens.

E na noite anterior, acordei com essa frase na cabeça:

“O caminho é estreito mas Teu fardo é leve”

1. O Caminho é Estreito
  1. O caminho não é para todos (A vida cristã exige tudo que você tem)
  2. Não é uma caminhada fácil (Há momentos que parecem ser insuperáveis)
  3. Existe um preço a pagar (Não viver para si mesmo)
Quem já leu “O Peregrino” de John Bunyan sabe como é difícil a caminhada da vida com Deus. Quantos desistem no meio do caminho, quantos são vencidos pelas vontades deste mundo e decidem viver para si mesmos…
E isso tudo faz parte da vida. O caminho é estreito.
Com Deus, nada se alcança sem luta. É preciso carregar a cruz e seguir os passos do Mestre. E se não amamos a Deus acima de tudo, esse é nosso maior pecado. Às vezes mistificamos tanto o que é pecar, quando o que ele realmente significa é “afastamento de Deus”. Ainda que tenhamos quedas, lutas, transtornos, podemos amar a Deus, e isso muda tudo.
Em meio a tantas aflições e tristezas naturais na vida, existe um segredo que nos permite viver algo nessa vida que é impagável.
2. O Teu Fardo é Leve
Quais são as melhores coisas da vida?
  1. Ser feliz
  2. Curtir a vida
  3. Sentir-se vivo
  4. Amar e ser amado
  5. Ter paz, leveza
Alguém pode dizer em uma frase o que é a melhor coisa da vida?
É difícil, mas o consenso normalmente cai entre esses cinco pontos acima. E o mais incrível é: isto é o Reino de Deus!
O Reino de Deus é sobre alegria, paz, justiça. Jesus se doou para que vivamos a mais esplêndida vida que existe. “A vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17:2-3)
Podemos viver isso hoje!
Apesar de termos um alto preço a pagar, o fardo de Jesus é tão leve que Ele quer te ver sorrindo diante da vida, aproveitando cada momento, amando a todos por sentir-se tão incrivelmente amado por Ele.
Sabe quando você, cavalheiro, carrega a mala pesada de uma dama? (dizem que homens românticos estão em extinção. Digo que provemos o contrário). Este é um grande exemplo de um peso que não é pesado.
“Eu carrego pra você.”
“Não precisa, é muito pesado.”
“É nada, deixa que eu levo. É levinho! ”
Quando você ama, não há peso que te impeça de ser feliz.
Deus quer nos ver felizes. Ele carregou todo nosso peso na cruz, para que pudéssemos viver uma vida linda, curtindo cada instante que Ele criou para nós.
Todos nós vamos sofrer neste mundo. Mas a paz diante do mal, a alegria diante da luta e o amor diante da dificuldade é o que faz desta breve vida uma obra de arte de nosso Criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...