sábado, 30 de janeiro de 2010

QUAL A IGREJA VERDADEIRA NO MUNDO ?

É A IGREJA DE ATOS 2; 37-47 TODOS TINHAM TUDO EM COMUM , DIVIDIAM SEUS BENS COM QUEM NÃO TINHAM, NÃO É O QUE ACONTECE HOJE, ONDE UM IRMÃO TEMFAZENDAS, CHACARAS, POSSES, E O IRMÃO DO LADO NEM EMPREGO TEM, MAS CUMPRE COM SEUS DÍZIMO.
Igreja de hoje precisa imitar a Igreja primitiva; pois o mandamento é o mesmo: “ide por todo o mundo…” (Mc 16.15).
Conclusão:
Igreja não perdeu a sua patente: A grande comissão continua de pé. O poder de Deus não diminuiu. A Igreja primitiva, ainda é o modelo para a Igreja atual.
Era uma Igreja atraente;
Era uma Igreja unida;
Era uma Igreja informada;
Era uma Igreja espiritual;
Era uma Igreja que testemunhava: Evangelizava.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Obrigado por mostrar-me o quanto sou pobre!


Um dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as pessoas podem ser pobres.O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde cedo passar esses valores para seu herdeiro.Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo...
Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho:
- E aí filhão, como foi à viagem para você?
- Muito boa papai.
- Você viu a diferença entre viver na riqueza e viver na pobreza?
- Sim pai!
– Retrucou o filho, pensativamente.
- E o que você aprendeu com tudo o que viu naquele lugar tão pobre? O menino respondeu:

- É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro. Nós temos uma piscina que alcança metade do jardim, e eles têm m riacho que não tem fim. Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu.Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha. Nós temos alguns canários numa gaiola e eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas! O filho suspirou e continuou:

- E além do mais papai, observei que eles oram antes de qualquer refeição, enquanto nós sentamos à mesa e falamos de negócios, dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto!No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo, inclusive a nossa visita na casa deles.

Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos TV e dormimos.Outra coisa papai, eu dormi na rede do Tonho e ele dormiu no chão, pois não havia rede para cada um de nós. Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulho, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando. Conforme o garoto falava, o pai ficava estupefado, sem graça e envergonhado.

O filho na sua sábia ingenuidade e o seu brilhante desabafo abraçou o pai e ainda acrescentou:- Obrigado papai, por ter me mostrado o quanto somos pobres!

Moral da hitória: Não é o que você tem, o que você faz ou onde está, que irá determinar sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto. Tudo o que você tem, depende da maneira que você olha, da maneira que você valoriza. Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas, então... Você tem tudo.

Fonte: PCamaral

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Seja o Maior Incentivador do seu Pastor



O ministério pastoral não é nada fácil. Cotidianamente os pastores lidam com situações extremamente complicadas onde dor, angústia e ansiedade se fazem presentes. Sem sombra de dúvidas os Ministros do Evangelho ao conduzirem o rebanho de Cristo desenvolvem um árduo e penoso trabalho. Se não bastasse isso, eles necessitam esmerar-se no estudo da Bíblia, dedicar-se com afinco a oração e piedade, aconselhar os tropegos, admoestar os insubmissos, além de treinar e fazer discipulos ensinando-as a guardar no coração a sã doutrina.








O pior disso tudo, é que parte da igreja não reconhece o valor do pastor. Na verdade alguns irmãos não tratam de seus pastores como deveriam. Infelizmente conheço inúmeros casos de pastores marcados por igrejas intransigentes, que exigem de seus líderes atitudes sobre-humanas, levando-os a exaustão espiritual.Isto posto gostaria de trazer algumas sugestões para aqueles que entendem a complexidade do ministério pastoral e que desejam se tornar incentivadores do seu pastor:



1º- Interceda e ore pelo seu pastor todos os dias. Faça-o saber que está orando por ele.



2º - Preste atenção ao sermão. Dê ao pregador toda a sua atenção, e procure colocar em prática aquilo que está sendo pregado no púlpito.



3º- Decida aprender com seu pastor. Deixe que o sermão do domingo seja o início do seu estudo semanal. Pegue o que você ouviu e aplique-o às suas outras leituras, estudos e leitura bíblica.



4º- Evite fofocas. Proteja o seu pastor incentivando o queixoso a resolver suas questões pessoalmente com ele.



5º - Não joque lenha na fogueira. Seja um "apagador" de incêndios.



6º- Pergunte a si mesmo: Como posso encorajar o meu pastor? O que eu posso começar a fazer, que ainda não tenha feito no passado para animá-lo. Eu estou apoiando o pastor e seu ministério ? Eu mostro isto pelas coisas que eu digo e faço?



7º- Se você tiver dúvidas a respeito do ensino do pastor, pesquise nas Escrituras e estude-as cuidadosamente, com a mente aberta. Discuta a interpretação com seu pastor de maneira franca e sincera, e depois permita ao Espírito Santo guiá-lo e ensiná-lo na verdade. Esteja preparado para diferenças honestas de opinião acerca do significado de algumas passagens.



8º - Encoraje o seu pastor a gastar tempo regularmente em oração e estudo.



9º- Deixe para ele um bilhete de vez em quando mencionando coisas que ele tenha dito ou feito que teve algum significado para você. Menções específicas de como as mensagens têm ministrado a você.



10º - Evite criticas descontrutivas.



11º - Estimule grupos na sua igreja - especialmente aqueles dos quais você faz parte a encorajar o pastor e a sua família. Converse com outros a respeito dos ensinos dos sermões. Promova conversas e ensino, baseados nos sermões, como uma parte regular das suas conversas na igreja.



12º - Encoraje a família do seu pastor.



Pense nisso!



Fonte: Renato Vargens

A Torre de Babel – Evidências Arqueológicas


Acompanhe abaixo, um estudo realizado pelo Dr. Rodrigo P. Silva, neste, ele trata sobre as evidências arqueológicas da TORRE DE BABEL.


Parte 1



Parte 2




Parte 3



quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Kleber Lucas / Musica: Incendeia

Incendeia


Kleber Lucas


Se teus olhos forem bons, o teu corpo terá luz

Se a chama se apaga, as trevas reinarão

Se o nosso fogo for pra queimar o nosso irmão com o ódio da inquisição

Deus morrerá em nós

Mas se o nosso fogo for como o fogo de Atos 2

Então, por favor, Senhor, incendeia-nos

Incendeia-nos

Luz, luz, luz

Viver na luz

Luz, luz, luz

Não vale a pena andar na escuridão

Eu quero Deus

Incendeia-nos

Kleber Lucas / Musica:Meu Alvo

Meu Alvo


Kleber Lucas

Composição: Kleber Lucas e JB Carvalho


Estou subindo pra um lugar mais alto

Eu já queimei as pontes com o passado

E em meus olhos vejo o futuro

Tudo novo se fez, tudo novo se faz

E dessa estrada eu não me desvio nunca mais

Estou firme, eu não me desvio nunca mais

Vou avançar, eu vou crescer

Ninguém vai me deter

Meu alvo é Cristo, meu alvo é Cristo

Estou subindo pra um lugar mais alto

Eu já desisti de andar sozinho

Cristo vive em mim

E os meus pés estão no caminho, estão no caminho

E dessa estrada eu não me desvio nunca mais...

 
 

André Valadão / Musica: Abraça-me

Abraça-me


André Valadão

Composição: André Valadão



Ensina-me a sentir Teu coração

Jesus, quero ouvir Teu respirar

Tirar Teu fôlego com minha fé

E Te adorar



Jesus, Tu és o pão que me alimenta

O verbo vivo que desceu do céu

Vem aquecer meu frio coração

Com Teu amor



Abraça-me (2x)

Cura-me (2x)

Unge-me (2x)

Toca-me (2x)



Vem sobre mim com o Teu manto

Reina em mim com Tua glória

Pois ao Teu lado é o meu lugar

Aleluia, aleluia





André Valadão / Musica: Pela fé

Pela fé

André Valadão


Composição: André Valadão


Ohhh, Ohhhh

Pela fé posso clamar

Pela fé posso enxergar

Pela fé posso tocar

Pela fé, pela fé



Não há muralhas que ficarão de pé

Diante de mim

Estou firmado em Cristo pra sempre

Tenho a luz em mim

Pela Fé...



Pela fé posso mudar

Pela fé posso alcançar

Pela fé posso viver

Pela fé, pela fé

Khorus / Musica: Lembre-se

Lembre-se


Khorus

Composição: Eliah Oliver


Jesus, filho de Davi

Tenha compaixão de mim

Ao seu lado estou

Implorando perdão

Eu fui um bandido, um ladrão

E mereço a condenação

Mas o Senhor nada fez

E está nesta cruz

Pagando um preço por mim



Perdoa-me, Senhor Jesus

Lembre-se de mim

Quando em teu reino estiver

Lembre-se de mim

Lembre-se de mim



Seus olhos refletem a dor

De um homem que tanto sofreu

Te julgaram e te condenaram

Por muitos erros teus

Dizendo que seu tempo acabou

Que não há mais solução

Mas filho em verdade tedigo

Que tu estarás

Comigo tu estarás



Perdôo a ti, meu filho

Lembrarei de ti

Quando em reino estiver

Lembrarei de ti

Lembrarei de ti





Khorus / Musica: Sonhos

Sonho


Khorus

Composição: Toninho Rondow/ Juninho Guitarra/ Eliah Oliver


Lá fora a chuva cai

E eu me lembro do momento

Que as minhas lágrimas

Você veio enxugar

Meu coração

Não pode esconder, não

Que eu...

Chorei pra ter você

Perto de mim e poder

Te dizer que eu

Sempre te amei

Um sonho que Deus realizou

O nosso amor veio do céu

Onde não há imperfeição

Meu coração, gritando diz

Que eu te amo

Que eu te amo





terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Aprenda a Agradecer

Tem pessoas que em vez de agradecer a DEUS pelas coisas que tem fica murmurando falando a meu DEUS porque eu não tenho isto porque eu não tenho aquilo.

Talvez se nos parasse de murmura e faze por onde merecer DEUS daria pra nos o que nos queríamos, pois DEUS conhecer a nossas necessidades, nos não precisamos fica se queixando falando que falta isto i aquilo não em vez de nos se queixa, porque nos não agradecer a DEUS pelas as coisas que nos temos.

Talvez você esteja mesmo necessitando de uma coisa,

DEUS não ti deu esta coisa ainda porque não chegou a ora, pois a tempo pra tudo, tudo e no tempo de DEUS

Vamos mudar a nossa rotina de fica murmurando e vamos agradecer a DEUS pelo o que nos temos.



Vamos demonstra pra DEUS que nos somos gratos por tudo o que ELE tem nos dado, pois se você hoje tem algo e porque foi DEUS que te deu não fique pensando que você tem uma casa ou qualquer coisa

Hoje porque você que trabalhou não, pois se DEUS não quiseste que você tivesse esta coisa você simplesmente não teria.

Não cai uma folha no chão, que DEUS não permita.

Talvez você esteja se pergunta já que tudo acontecer com a permissão de DEUS então porque acontecer coisas ruins?

A resposta E:

E que esta coisa ruis que estão acontecendo e por causa da suas escolha pois a lei da semeadura e esta

Se você planta coisa ruis você vai colher coisas ruis

Se você plantar coisas boas realmente você vai colher coisas boas.

Agora pelo amor de DEUS não coloque a culpa em DEUS.

A invés de murmura agradeça a Deus por tudo.
Lembre-se o pecado da murmuração e o mesmo que faze feitiçaria.

O Evangelho Revelado em Gênesis




Nós freqüentemente usamos o termo familiar, evangelho, ou notícias boas.
Onde ele aparece primeiro na Bíblia? A resposta pode surpreender.
Os rabinos judeus têm um modo estranho de expressar esta mesma idéia: eles dizem que eles não entenderão as Escrituras até que o Messias vier.
Mas quando Ele vier, Ele não só interpretará cada uma das passagens para nós, Ele interpretará as palavras; Ele interpretará até mesmo as letras; de fato, Ele interpretará os espaços até mesmo entre as letras!
Um exemplo disto pode ser visto em Gn. 5, onde nós temos a genealogia de Adão até Noé. Este é um desses capítulos que nós temos que estudar muito para entender toda a genealogia de Adão até Noé.
Mas Deus sempre recompensa o estudante dedicado. Examinemos este capítulo mais de perto. Em nossa Bíblia, nós lemos os nomes hebreus. O que significam estes nomes em português? Vejamos então:
Nome Hebreu
Adão
Sete
Enos
Quenã
Maalalel
Jarede
Enoque
Matusalém
Lameque
Noé
Significado em Português
Homem
Designado
Mortal
Tristeza
Deus Santificado
Descerá
Ensinará
que a morte dele trará
O Desesperado
Conforto


Então, uma leitura dessa genealogia, em português, poderia ficar assim:
O Homem (é) designado mortal; (mas) O Deus Santificado descerá ensinando (que) a morte dele trará (ao) desesperado descanso.
Aqui está o Evangelho revelado dentro de uma genealogia em Gênesis.
Isso demonstra que já nos primeiros capítulos de Gênesis Deus já tinha disposto Seu plano de redenção do gênero humano.
É uma história de amor, escrita em sangue em uma cruz de madeira que foi erguida na Judéia quase 2,000 anos atrás.
A Bíblia é um sistema de mensagem integrada, o produto de uma engenharia sobrenatural.
Todo número, toda palavra, toda letra, está além de nossa capacidade de aprendizado, nossa descoberta. Verdadeiramente, nosso Deus é um Deus tremendo.
“...de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido." Mt 5:18
Pr. Rhycardo

Provérbios do Mundo Inteiro


"Somente após a última árvore ser cortada.
Somente após o último rio ser envenenado.
Somente após o último peixe ser pescado.
Somente então o homem descobrirá que dinheiro não pode ser comido!!"
Provérbio Indígena Americano


"Quando estás certo, ninguém se lembra; quando estás errado, ninguém esquece"
Provérbio Irlandês


"Para os erros alheios temos os olhos de um lince;
para os nossos próprios, os olhos de uma toupeira"
Provérbio da Boêmia


"Quem queimou a língua nunca esquece de soprar a sopa"
Provérbio Alemão


"Comece onde está. Mas não fique onde está "
Provérbio Inglês


"Pense duas vezes antes de aceitar mel oferecido numa faca bem afiada"
Provérbio Tibetano


"Visite os amigos com freqüência. O mato cresce depressa
em caminhos pouco percorridos"
Provérbio Escandinavo


"Corte o seu casaco de acordo com a sua fazenda"
Provérbio Inglês

(Mostra a necessidade de gastar somente aquilo que se tem)


"Os amigos ajudam, os outros sentem pena"
Provérbio Antigo


"As aves se dispõe a morrer pelo alimento, mas os homens pelo dinheiro"
Provérbio Chinês


"O amor é como a lua, se não cresce, míngua"
Provérbio Chinês.


"Os jovens vão aos bandos, os adultos aos pares e os velhos sozinhos"
Provérbio Sueco


"Quanto mais se come, maior é a fome"
Provérbio Francês


"Primeiro o homem traga um drinque, daí o drinque traga um drinque,
e por fim o drinque traga o homem"
Provérbio Oriental


"Pinte bambus quando estiver com raiva;
orquídeas quando estiver feliz"
Provérbio Chinês


"A macaca não diz apenas para o filhote "segure firme!"
ela diz: "Olhe para baixo""

Provérbio Africano

(Enfatiza a idéia de mostrar a razão e não apenas dar uma ordem)


"Todo homem idoso que morre é uma biblioteca que pega fogo"
Provérbio Africano


"Quando bem alimentada e aquecida, a pessoa volta seus
pensamentos para excessos e desejos carnais"
Provérbio Chinês


"Quando o céu joga uma tâmara, abra a boca"
Provérbio Chinês


"Não se salta um precipício em dois lances"
Provérbio Chinês


"A mais alta das torres começa no solo"
Provérbio Chinês


"O amor é um sonho, e o casamento um despertador"
Provérbio Italiano


"Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia.
Ensine-o a pescar, e você o estará alimentando pelo resto da vida"
Provérbio Chinês


"Há três coisas que nunca voltam atrás: a flecha lançada,
a palavra pronunciada e a oportunidade perdida"
Provérbio Chinês


"Um livro aberto é um cérebro que fala;
fechado, um amigo que espera;
esquecido, uma alma que perdoa;
destruído, um coração que chora"
Provérbio Hindu


"A generosidade consiste em dar antes de ser solicitado"
Provérbio Árabe


"Se alguém está tão cansado que não possa te dar um sorriso, deixa-lhe o teu"
Provérbio Chinês


"Quem procura um amigo sem defeitos nunca terá amigos"
Provérbio Turco


"A melhor armadura é manter-se fora do alcance"
Provérbio Italiano


"A árvore quando está sendo cortada, observa com tristeza
que o cabo do machado é de madeira"
Provérbio Árabe


"Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo,
não precisa temer o resultado de cem batalhas.

Se você se conhece mas não conhece o inimigo,
para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota.

Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo,
perderá todas as batalhas..."
Provérbio Japonês


Três Classes de Pessoas


1Co 2.14,15 "Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido".
DIVISÃO BÁSICA DA RAÇA HUMANA. As Escrituras dividem todos os seres humanos em geral, em duas classes.
(1) O homem/mulher natural (gr. psuchikos, 2.14), denotando a pessoa irregenerada, i.e., governada por seus próprios instintos naturais (2Pe 2.12). Tal pessoa não tem o Espírito Santo (Rm 8.9), está sob o domínio de Satanás (At 26.18) e é escravo da carne com suas paixões (Ef 2.3). Pertence ao mundo, está em harmonia com ele (Tg 4.4) e rejeita as coisas do Espírito (2.14). A pessoa natural não consegue compreender a Deus, nem os seus caminhos; pelo contrário, depende do raciocínio ou emoções humanas.
(2) O homem/mulher espiritual (gr. pneumatikos, 2.15; 3.1) denota a pessoa regenerada, i.e., que tem o Espírito Santo. Essa pessoa tem mentalidade espiritual, conhece os pensamentos de Deus (2.11-13) e vive pelo Espírito de Deus (Rm 8.4-17; Gl 5.16-26). Tal pessoa crê em Jesus Cristo, esforça-se para seguir a orientação do Espírito que nela habita e resiste aos desejos sensuais e ao domínio do pecado (Rm 8.13,14).Como tornar-se um crente espiritual? Aceitando pela fé a salvação em Cristo, a pessoa é regenerada; o Espírito Santo lhe confere uma nova natureza mediante a concessão da vida divina (2Pe 1.4; ver o estudo A REGENERAÇÃO ). Essa pessoa nasce de novo (Jo 3.3,5,7), é renovada (Rm 12.2), torna-se nova criatura (2Co 5.17) e obtém a justiça de Deus mediante a fé em Cristo (Fp 3.9).
UMA DISTINÇÃO ENTRE OS CRENTES. Embora o crente nascido de novo receba a nova vida do Espírito, ele tem residente em si a natureza pecaminosa, com suas perversas inclinações (Gl 5.16-21). A natureza pecaminosa que no crente existe, não pode ser mudada em boa; precisa ser mortificada e vencida pelo poder e graça do Espírito Santo (Rm 8.13). O crente obtém tal vitória negando-se a si mesmo diariamente (Mt 16.24; Rm 8.13; Tt 2.11,12), deixando todo impedimento ou pecado (Hb 12.1), e resistindo a todas as inclinações pecaminosas (Rm 13.14; Gl 5.16; 1Pe 2.11). Pelo poder do Espírito Santo, o próprio crente guerreia contra a natureza pecaminosa e diariamente a crucifica (Gl 5.16-18,24; Rm 8.13,14) e a mortifica (Cl 3.5). Pela abnegação e submissão à obra santificadora do Espírito Santo em sua vida, o crente em Cristo experimenta a libertação do poder da sua natureza pecaminosa e vive como um crente espiritual (Rm 6.13; Gl 5.16).Nem todo crente se esforça como devia para vencer plenamente sua natureza pecaminosa. Ao escrever aos coríntios, Paulo mostra (3.1,3) que alguns deles viviam como carnais (gr. sarkikos), i.e., ao invés de resistirem com firmeza às inclinações da sua natureza pecaminosa, entregavam-se a algumas delas. Embora não vivessem em contínua desobediência, estavam em parceria com o mundo, a carne e o diabo em certas áreas das suas vidas, e mesmo assim querendo permanecer como povo de Deus (10.21; 2Co 6.14-18; 11.3; 13.5).
(1) A figura do crente carnal. Embora os crentes de Corinto não vivessem em total carnalidade e rebeldia, nem praticassem grave imoralidade e iniqüidade, que os separaria do reino de Deus (ver 6.9-11; cf. Gl 5.21; Ef 5.5), estavam vivendo de tal maneira que já não cresciam na graça, e agiam como recém-convertidos, sem divisar o pleno alcance da salvação em Cristo (13.1,2). A carnalidade deles era vista na "inveja e contendas" (3.3). Não se afligiam com a imoralidade dentro da igreja (5.1-13; 6.13-20). Não levavam a sério a Palavra de Deus, nem os ministros do Senhor (4.18,19). Moviam ação judicial, irmãos contra irmãos, por razões triviais (6.6-8). Observe-se que aos crentes coríntios que estavam vivendo em imoralidade sexual ou pecados semelhantes, Paulo os têm como excluídos da salvação em Cristo (5.1,9-11; 6.9,10).
(2) Perigos para os cristãos carnais. Os cristãos carnais de Corinto corriam o perigo de se desviarem da pura e sincera devoção a Cristo (2Co 11.3) e de se conformarem cada vez mais com o mundo (cf. 2Co 6.14-18). Caso isso continuasse, seriam castigados e julgados pelo Senhor, e se continuassem a viver segundo o mundo, acabariam sendo excluídos do reino de Deus (6.9,10; 11.31,32). Realmente, alguns deles já estavam mortos espiritualmente, por viverem em pecados que levam a isso (ver 1Jo 3.15 nota; 5.17 nota; cf. Rm 8.13; 1Co 5.5; 2Co 12.21; 13.5).
(3) Advertências aos cristãos carnais. (a) Se um crente carnal não tomar a resolução de se purificar de tudo quanto desagrada a Deus (Rm 6.14-16; 1Co 6.9,10; 2Co 11.3; Gl 6.7-9; Tg 1.12-16), ele corre o risco de abandonar a fé. (b) Devem tomar como exemplo o fato trágico dos filhos de Israel, que foram destruídos por Deus por causa de seus pecados (10.5-12). (c) Devem entender que é impossível participar das coisas do Senhor e das coisas de Satanás ao mesmo tempo (Mt 6.24; 1Co 10.21). (d) Devem separar-se completamente do mundo (2Co 6.14-18) e se purificar de tudo quanto contamina o corpo e o espírito, aperfeiçoando a sua santificação no temor do Senhor (2Co 7.1).


Creditos:  http://www.oapocalipse.com/

Santidade


Quando mencionamos a palavra santidade, muitas vezes o que nos vêm a mente, é algo muito difícil, que não conseguiremos nunca e achamos que só aqueles mais certinhos – quietinhos, calados ou que se vestem de modo santo - é que conseguem viver assim. Realmente, esta é a idéia que muitas pessoas tem de santidade, algo visto, contemplado exteriormente; porém a santidade começa no coração.
Esta realidade vivida por muitos se assemelha a uma exortação que Jesus fez aos escribas e fariseus, pois se preocupam com o exterior (leis, regras) do que com o interior (coração) Mt 23:25-29. Jesus mostra para aqueles homens que a pureza do homem começa no coração. “O Senhor, contudo, disse a Samuel: ‘Não considere sua aparência nem sua altura, pois eu o rejeitei. O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração’”. I Samuel 16:7.
Entendendo a santificação:
- Santificação é uma obra progressiva da parte de Deus e do homem que nos torna cada vez mais livres mais do pecado e semelhantes a Cristo em nossa vida presente. Por exemplo: quando uma pessoa que falava mentira se arrepende, nessa área ela cresceu, conseqüentemente está sendo mais semelhante a Cristo.
- Uma vez que nascemos de novo não podemos continuar pecando como um hábito ou como um padrão de vida (I J0 3:9).
- A santificação é um alvo de modo cristão, a partir do momento que a pessoa aceita a Cristo (I Pe 1:16), o seu desejo é ser como seu mestre; Cristo é nosso referencial de vida. Através do exemplo, e das palavras, podemos ver que conseguimos vencer cada obstáculo que vem sobre as nossas vidas.
- A Bíblia diz em Rm 6:11, 14, que “o pecado não terá domínio sobre nós”, portanto não somos mais escravos do pecado, isto significa que nós cristãos por meio do auxilio do poder do Espírito Santo, temos poder para superar as tentações e seduções do pecado.
- A santidade é um processo na vida do cristão. Paulo diz, que por toda a nossa vida cristã, estaremos sendo aperfeiçoados. “Todos nós.. somos transformados de glória em glória, na sua própria imagem”.(II Co 3:18). Gradualmente nos tornamos cada vez mais semelhantes a Cristo, conforme avançamos na vida cristã.
- Muitos adolescentes quando voltam de algum evento da Igreja (acampamento, encontro, culto, congresso), acham que tudo vai mudar de um dia para o outro. Isso não é verdade, apesar dessa motivação ser natural, o adolescente deve procurar um líder para orientá-lo, a partir do momento que esse decidiu mudar, fazendo assim ficará mais fácil lidar com as tentações que viram no decorrer dos dias.
- Santidade não é deixar de fazer, mas fazer conforme a palavra de Deus.

Motivos para a obediência a Deus na vida cristã:
1- O desejo de agradecer a Deus e de expressar nosso amor por ele. (JO 14:15).
2- A necessidade de manter uma consciência limpa diante de Deus.
3- O desejo de ser um “utensílio” para honra e glória de Deus. (II Tm2:20-21)
4- Desejo de ver as incrédulos vindo a Cristo por terem observado nossa vida (I Pe3:1-2)
5- O desejo de receber as bênçãos atuais de Deus sobre nossa vida e ministério.
6- Desejo de evitar o desprezar e a disciplina de Deus sobre nós.
7- Anseio por andar mais próximo de Deus (Mt 5:8).
8- Anseio de fazer o que Deus ordena, simplesmente porque Seus mandamentos são corretos e nos deleitamos em fazer o que é correto.



Créditos a http://www.oapocalipse.com/

Oração, Chave do Avivamento



Nós, pentecostais, sempre estamos à procura de um avivamento. Todavia, na maioria dos casos, falta-nos o significado prático dessa expressão. O avivamento de hoje é profético que prático. Em outras palavras, esperamos um avivamento que não chega porque estamos esquecidos de seu elemento fundamental: a oração.

      O significado da oração tem variado com o passar do tempo. Para a Igreja primitiva, orar representava um ato de comunhão pessoal com Jesus. A oração era a única forma de conservar o relacionamento adquirido com Cristo em sua passagem pelo mundo. Então orar, era a única saída. Orar representava a forma de manter, ainda que oculto, o amor entre o Senhor e o seu discípulo. Orar era sinônimo de paz, alegria, fé e avivamento. Era uma forma de conservar viva a fisionomia do Senhor.

      Infelizmente, nem todos aprendemos assim. Para muitos de nós, oração é um sacrifício pesado, um dever imposto pela liderança. Ao contrário dos primeiros cristãos, às vezes oramos para o vazio. São poucas palavras, mecanicamente decoradas. Você já imaginou como seria chato encontrar um amigo durante 30, 40, 50 anos, que todos os dias lhe dissesse as mesmas palavras? Infelizmente é assim que Deus é tratado por muitos.

      Quando pensamos em avivamento, a oração deve ser a primeira investida. Mas, quantas horas do dia permanecemos orando? Quanto tempo ainda desperdiçamos com coisas que não edificam? Viver um avivamento pressupõe viver comprometido com o Reino de Deus. Avivamento é resposta de oração, mas de oração contínua, perseverante e sincera. Na verdade, o tempo que dispensamos, o modo como fazemos e a prática daquilo que oramos revelam nossa sinceridade na oração.

Intimidade com Deus

      A oração é o espelho de nossa verdadeira identidade espiritual. Não precisamos recorrer a outros métodos. É simples: se gostamos de orar, significa que gostamos de Jesus. Se nossa oração é formal, ainda não desfrutamos de sua amizade. Se apenas repetimos palavras, não há nada novo entre nós e Ele. Se oramos obrigados pelo líder, Jesus ainda é um estranho em nossa vida.

      Muitos querem o avivamento; mas ainda não entenderam que a oração é a chave de tudo. Alguns preocupam-se excessivamente com a "sua" igreja. Tratam-na como uma empresa, cheia de profissionais, relatórios, projetos e departamentos. Em suma: complicam, humanizam muito a Igreja e se esquecem da peça fundamental.

      Salvos os exageros, é impressionante o depoimento de homens que, uma vez vivendo a prática da oração, confessam terem conseguido mais desenvoltura em suas pregações - antes objeto de penoso e prolongado estudo. Sim, esses testemunhos são verdadeiros porque ao orar ficamos junto à fonte de toda inspiração.

      Se queremos avivamento, precisamos orar um pouco mais. Temos que, individualmente, fazer da oração nosso maior objetivo. Ela é a forma mais excelente de devoção. A partir dela, nascerão dons e ministérios. Então, quando nos reunimos, cada um será um vaso. Ficará fácil viver o avivamento, e este não será apenas mover de homens, mas acima de tudo o mover de Deus entre nós.

      "A prática daquilo que oramos revela nossa sinceridade na oração"

      A partir da oração nascerão dons e ministérios"

Fonte: Revista Pentecostes
Autor: Rui Raiol, membro da AD em Belém (PA), escritor e professor do Setad.




Um Pouco Da Minha Vida

Ola eu sou Lucas Campeche Santana Nasci em Belmonte
E fui criado em Porto Seguro.
Sou Evangélico e congrego no Ministério Internacional Videira Modelos Dos 12. Antes de eu entra na Visão Celular modelos dos 12 eu era aquele crente raimundo um pé na igreja o outro no mundo eu ficava em cima do muro ou seja sofria ataques dois dois lados ate que um dia passando de ministério em ministério conheci a videira
Onde eu me converti de verdade onde Jesus passou a toma controle da minha vida eu antes ja era batizado mais não conhecia o amor de Deus o primeiro amor o amor que queima dentro de você o amor que te da sede do espírito de Deus e fome da Palavra de Deus e hoje eu sou um guerreiro de cristo tem vezes que eu ainda dou uma vacilada mais eu sei que Deus esta ao meu lado pra me levantar me cura sara minha feridas e me coloca no campo de batalha. A vida que um Cristão leva tem que ser um livro aberto pra Deus ele não pode tenta esconder seu pecado e sim mostra-lo pra Deus e Deus removera o seu pecado pois ele ja levou nossos pecados na cruz .
E minha missão como guerreiro de Deus Salva as Almas que estão perdidas nesse mundo tenebroso e acaba com heresias , modismo e mundanismo na igreja. Uma coisa que me da Vontade de luta contra o mundo, a carne, e Satanás ,e que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja.

Bom isso e um Pouco Da minha vida


Que Deus Te Abençõe

Ate a próxima postagem
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...